ACOMPANHE-ME NAS REDES SOCIAIS

Áudio Release: Pimentel pede Lula Livre para resgatar princípios democráticos e constitucionais

Rep: a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi tema de pronunciamento do senador José Pimentel, do pt do ceará. Para Pimentel, ao prender Lula, o poder judiciário brasileiro desrespeitou os princípios democráticos previstos na constituição federal. Ouça o que disse o senador, no plenário do Senado, na noite de quarta-feira, onze de abril.  

Tec (Pimentel): O Brasil e amplos setores da sociedade brasileira assistem com muita preocupação a prisão do senhor Luiz Inácio Lula da Silva, o melhor presidente da história recente brasileira, que fez uma verdadeira revolução silenciosa com a inclusão de mais de 40 milhões de pessoas que estavam abaixo da linha da pobreza, através das políticas sociais. E é esse cidadão, que fez tudo isso, que o poder judiciário, rasgando o inciso LVII do artigo quinto, resolve trancar. É por isso, senhor presidente, que ambos os setores da sociedade brasileira e da comunidade internacional estão muito preocupados com os rumos que o Brasil está trilhando, com os rumos em que o Brasil resolveu caminhar. Estes não são os rumos democráticos que Ulysses Guimarães ajudou a escrever na Constituição de 1988 e, nem tampouco, da ampla maioria daqueles que fazem o Congresso Nacional e acompanham a sociedade brasileira. Por isso, Lula Livre para resgatar a Constituição de 1988!

rep: Pimentel apontou como um dos exemplos do descumprimento dos princípios constitucionais as condições em que o ex-presidente Lula está preso, em Curitiba.

Tec (Pimentel): Nós assistimos setores do poder judiciário rasgarem a Constituição brasileira, negando vigência à sentença transitada em julgado, ao direito à defesa do inocente e resolvendo encarcerar esse cidadão, simplesmente porque ele resolveu enfrentar os graves problemas que, ao longo da história, têm assolado o Brasil. Resolvem encarcerar um grande líder, Luiz Inácio Lula da Silva, com um agravante, sem sequer respeitar a Lei de Execução Penal. Esse líder, que tem como crime ter dado esperança ao povo brasileiro, está hoje num ambiente isolado e não pode receber visitas, que são previstas no Código de Processo Penal, que são previstas na Lei de Execução Penal. Não pode receber aqueles que com ele conviveram, a exemplo de nove governadores e três senadores que estiveram em Curitiba, nesta semana, para fazer uma visita. Infelizmente, a estreiteza do nosso poder judiciário resolveu impedir que esse ato acontecesse.

Rep: em seu pronunciamento, Pimentel destacou a aprovação, pelo plenário do senado, de requerimento para a criação de comissão temporária externa que irá a curitiba verificar as condições em que se encontra o ex-presidente lula. O grupo será formado por 12 senadores, que pagarão a viagem com recursos próprios.

Simone telles, direto de brasília